Acesso restritoCONSULTAS SCPC

Sobre faxinal

A trajetória histórica dos municípios paranaenses iniciou com as reduções (oeste) ou com a colonização (leste), na época das capitanias hereditárias. E a parte central, habitada pelos índios que aqui se encontravam foi desbravada por outras pessoas que saiam em busca de terras para instalar-se com seus familiares, de acordo com informações da Prefeitura Municipal de Faxinal.

O interventor Manoel Ribas mandou demarcar uma área de 40.000 alqueires e nesta localidade entre outras se encontrava onde é hoje o município de Faxinal. Neste local, as margens do Rio São Pedro, encontravam-se muitas famílias instaladas, as quais tinham como atividade econômica era a criação de porcos, cuja denominação era ‘safra’. Estes animais eram criados soltos sem determinação de limites de terras. (ANDREIS, 2007).

Desta maneira, as terras demarcadas pelo interventor tornaram-se ‘devolutas’, isto é, quando já existe alguém com a pose da terra e outra pessoa compra diretamente do governo, causando com isso muitos conflitos, conforme a Prefeitura Municipal de Faxinal.

Mesmo assim, diante de tantas dificuldades, em 1933, Faxinal foi elevada a categoria de Distrito Judiciário, como Faxinal de São Sebastião. Em 14 de dezembro de 1951 foi reconhecido como município pela Lei Estadual nº 790 e no próximo ano, Faxinal realizava sua primeira eleição municipal. (ANDREIS, 2007).

Faxinal significa campos abertos de matos curtos; Palavra formada pelo termo “faxina”, acrescido do sufixo nominativo “al”. O termo “faxina” vem do italiano “fascina’’, designando região de campo, entremeada de arvoredo e trecho alongado de campo que penetra na floresta ou ainda campo de pastagem cortado por arvoredo esguio (mato ralo constituído de pinhal, taquaral, erval etc.). O sufixo “al” origina-se do latim “ale”, significando coleção ou quantidade.

 

Fonte: http://www.faxinal.pr.gov.br/index.php?sessao=ecd162cf83kcec&id=62


CURSOS E EVENTOS


Veja todos

PARCEIROS